Steve Wozniak lança plataforma digital para ensinar programação



Nada consta para fortalecer a teoria de que eles sejam amigos ou tenham combinado isso previamente, mas o fato é que, alguns dias após Tim Cook falar que o aprendizado daslinguagens de programação seria, hoje, mais importante até mesmo que o aprendizado do inglês, um nome para lá de importante no mundo da tecnologia está lançando o seu próprio curso online de programação. Sim, senhoras e senhores, estou falando de Steve Wozniak.


Woz, que por acaso é meu melhor amigo (ele só não sabe disso ainda), anunciou hoje o Woz U, um “instituto digital de nível mundial” que tem como principal objetivo fornecer às pessoas uma forma fácil e acessível de aprender a programar e, portanto, conquistar seu lugar no cada vez mais amplo mundo da tecnologia.

Como afirma o co-fundador da Apple:

Nosso objetivo é educar e treinar as pessoas em habilidades digitais “empregáveis” sem impor a elas uma dívida que levará anos para ser paga. As pessoas muitas vezes ficam receosas de escolher uma carreira no mundo da tecnologia porque acham que não conseguirão seguir nela. Eu sei que elas podem, e eu quero mostrá-las como.

A plataforma faz parte da Southern Careers Institute, uma instituição privada de educação baseada no Texas, e começará oferecendo várias plataformas de ensino e treinamento digital, com algumas opções diferentes de programas e conteúdos para diferentes áreas, como desenvolvimento de software e suporte tecnológico. As aulas são composta por vídeos e os alunos terão acesso direto a instrutores e exercícios realizados em tempo real. A ideia é que, eventualmente, mais de 30 sedes no mundo real também sejam estabelecidas para aulas presenciais.

Adicionalmente, já foi disponibilizado gratuitamente na App Store americana o aplicativo oficial doWoz U, que permite aos usuários fazer testes para definir em qual área do mundo tecnologia eles se encaixam com mais facilidade; o app também oferece a possibilidade do aluno se pré-matricular no curso diretamente da tela do seu iPhone.

FonteMacMagazine

Comments

comments